Livro: Garota Online Em Turnê – Zoe Sugg

Garota Online Em Turnê é o segundo livro de Zoe Sugg, ou Zoella, uma fofa youtuber inglesa de 26 anos. Acho que eu já disse isso no post sobre o seu primeiro livro, Garota Online.

IMG_1607

A continuação de Garota Online, lançado também pela Editora Verus, possui 294 páginas de puro romance adolescente que é contado em 59 capítulos. O romance de Penny e Noah vai ser colocado a prova novamente! Noah Flynn, agora um pop star, será a atração de abertura da banda americana The Sketch em sua turnê pela Europa, e Penny os acompanhará por duas semanas.

IMG_1608

Vivendo em um ônibus de turnê, sem seu melhor amigo Elliot, repleto de homens e com cheiro de loção pós-barba, Penny descobrirá o quão difícil é essa vida de estrada! Logo no primeiro show da turnê, que acontece no Brighton Centre, Penny ao sair dos bastidores não consegue chegar na área vip, é empurrada na multidão, perde seu celular, e é ajudada pela sua, até então ex melhor amiga talvez inimiga, Megan (que estava vestida com o mesmo vestido de Penny)! E a partir dai, as coisas começam a se complicar cada vez mais…

 IMG_1612 IMG_1615

Li o livro em dois dias, isso pode, com certeza, ser considerado que eu gostei! A história contada no livro mistura o romance do casal principal, com um pouco de investigação por causa de uma stalker, e conflitos familiares por conta do romance de Elliot. É uma mistura agradável e leve, a que me prendi facilmente, nada é demais nesse livro, e como o outro, também refleti sobre alguns acontecimentos da vida. Nesse me questionei sobre estar realmente seguindo minhas vontades ou a dos outros…

IMG_1610

Se você gostou do primeiro livro não duvido que irá gostar deste também!

Livro: Garota Online – Zoe Sugg

Zoe Sugg é mais conhecida como Zoella, youtuber de Brighton, Inglaterra, e uma pessoa super fofa que você tem vontade de apertar sempre. Garota Online é seu primeiro livro!

image

O livro, lançado no Brasil pela editora Verus em 2015, com 308 páginas (muito bem aproveitadas) e divido em 44 partes (não digo capítulos porque não tem um nome específico pra cada um entende? Enfim), conta a história de Penny Porter, uma adolescente de 15 anos (quase 16), que mora em Brighton e escreve em seu blog Garota Online anônimamente. Penny escreve sobre seus problemas, momentos incríveis e posta suas fotos (ela é uma fotógrafa amadora, mas um dia será uma profissional).

image

Alguns acontecimentos na sua vida a fazem aceitar a proposta dos pais de passar alguns dias antes do natal em Nova York, enquanto sua mãe organiza um casamento com o tema de Downton Abbey, por sorte ela pode levar Elliot, seu melhor amigo (e também vizinho, até de parede de quarto, não só de casa) que consegue fazer qualquer combinação de roupa ficar incrível. Lá, Penny acaba conhecendo Noah, um menino fofo com estilo de astro do rock, por quem ela se apaixona e começa a escrever sobre isso, ela só não sabe que Noah tem um segredo que pode arruinar seu anonimato pra sempre!

image

Eu super amei Garota Online, só não li em um dia por lerdeza minha, mas no dia que terminei não fui dormir enquanto não acabei, resultando em 4:15 da manhã meu horário de ir dormir. Desejei muitas vezes estar lendo esse livro em inglês, por causa de brincadeiras com as palavras e sons da fala, mas a tradução não atrapalha nada o entendimento e divertimento.
Eu indico o livro se você quer ler um romance fofo e calmo, apesar dos acontecimentos nele. Me fez pensar um pouco sobre a vida também, sobre escolhas erradas que fiz, e certas que pensei estarem erradas também.

Livro: Anjos na Escuridão – Lauren Kate

Essa resenha vai para os que leram Fallen e estão afim de saber mais algumas partes da história de Luce, Daniel, Roland, Ariane, Cam e etc, porém se você não leu a série pode ler também sem problema algum, enfim, vamos para a resenha!

wp-1452041983743.jpg

Assim como o livro Apaixonados, da autora Lauren Kate e da série Fallen, o livro Anjos na Escuridão reúne histórias que aconteceram com alguns personagens durante o passar da série, porém em Apaixonados são todas as histórias relacionadas com o dia dos namorados, e neste livro não tem um tema específico! A capa tem a mesma textura dos outros livros da série, aquela textura meio emborrachada e com as letras do título em relevo, publicado pela Editora Galera Record, com 98 míseras páginas, onde as últimas estão praticamente em branco, queria mais histórias!

fal-anjos-na-escuridc3a3o-lauren-kate-trechos-sumc3a1rio

Blog: World of Make Believe

São sete histórias com os seguintes títulos:

  1. O que aconteceu com Trevor
  2. O dia de folga de Ariane
  3. Daniel em Los Angeles
  4. Miles no escuro
  5. Na sala de Francesca
  6. Cam vai à caça
  7. O sonho de Luce (cena deletada)

Imagem: Google

E ai? Aumentou a curiosidade? Se aumentou, corre pra comprar, ou não… Eu comprei na Livrarias Curitiba por R$ 25,00, mas esses dias fuçando achei na Saraiva e estava uns R$ 19,00, então pesquise ai, pode achar promoções talvez! Eu particularmente adorei o livro, me fez relembrar momentos de Fallen e da história em si que faz bastante tempo que li, foi a minha primeira série de livros, foi por causa dessa série que estou neste mundo amável da leitura agora. Esse livro foi lançado ano passado, mas eu só fiquei sabendo da existência dele agora, desculpa!

Isso é loucura!

Meu pensamento sobre morar “sozinha” esta lindamente destacado no título do post, LOUCURA!

Imagem: Tumblr

Faz mais de uma semana que eu me mudei de cidade, mas ainda as coisas não estão normais. Já se passaram dias que eu mal sentava no sofá já me chamavam pra sair de novo, outros que eu passei o dia inteiro deitada esperando alguém, como o chaveiro por exemplo, e ninguém veio. Tem o problema do clima também, eu sai de um lugar onde a média nos dias quentes do inverno deve estar seus 28 graus mais ou menos, e vim para um lugar onde creio que a máxima é uns 17 graus, eu estou congelando todas as noites, ainda não aprendi a lidar com isso. E outro “problema” que ainda não aprendi a lidar é a saudade, ela é grande demais, meus pais e meu irmão foram embora a 2 dias e eu já estou com vontade de ir atrás deles, é algo surreal, mas eu sei que daqui a pouco estarei tão atolada de trabalhos que não vai ter tempo de “pensar” nessa saudade por muito tempo e morrer de depressão.

Imagem: Tumblr

Apesar de todos esses “problemas”, há também as coisas boas não é mesmo? Agora eu tenho internet só pra mim, onde eu posso abrir dezenas de abas e ninguém reclamar, só quando a internet cai ou está muito lenta, tenho tv por assinatura que eu nunca tive antes porque meu pai dizia que ia dar briga em casa por causa de cada um querer assistir uma coisa diferente, e foi o que aconteceu entre eu e meu irmão em uma semana de convivência com a tv, tenho um cartão de débito, que nem sempre é muito útil porque não rola fazer compra online, enfim, muita coisa boa como vocês podem perceber.

Imagem: Tumblr

Por enquanto todas essas coisas novas ainda estão me incomodando, de uma maneira positiva ou negativa, mas logo me acostumo. Agosto começa as aulas e toda a loucura da vida, começa a correria, as noites mal dormidas ou até os ataques de tpm quando não estou de tpm, começa toda uma vida nova em um lugar totalmente desconhecido com pessoas que eu nunca cheguei perto. Eu ainda não sei como vou reagir, se vou fazer amigos ou não, a única certeza é que se começarem a me encher muito eu choro e corro de volta pra casa… Espero de coração não fazer isso, vou começar a tomar calmantes!

Filme: Cidades de Papel

O filme Cidades de Papel, uma adaptação do livro de mesmo nome do autor americano John Green (também autor de A Culpa é das Estrelas), estreou ontem (09 de julho, quinta feira) e eu fui assistir com as minhas amigas!

Imagem: Capricho

Quentin Jacobsen (interpretado por Nat Wolff) e Margo Roth Spiegelman (interpretada por Cara Delevigne) se conhecem quando crianças e ai começa a paixão platônica de “Q” por Margo, eles crescem juntos até o momento que Margo se torna popular, a lenda, e Quentin se foca nos estudos e seus planos para o futuro. Margo sempre gostou muito de mistérios e resolve-los, desde a infância quando ela e Q acharam o corpo de um homem morto debaixo de uma árvore e ela fez todo o possível para descobrir o porque aquele homem tinha se matado, durante anos ela fugiu de casa atrás de novas aventuras, mas sempre deixava uma pista para as pessoas que realmente importavam a ela, até que uma dia ela se torna um mistério!

Minha cena preferida é quando Quentin, seus melhores amigos Radar e Ben, a namorada de Radar, Angela, e a melhor amiga de Margo até então, Lacey, estão na estrada e param em um posto, onde eles podem gastar apenas 6 minutos para pegarem todas as coisas necessárias e manterem o ritmo da viagem. Apenas lendo o livro eu já imaginei essa cena sendo muito boa, super divertida, mas vendo no filme ficou muito melhor! E além de tudo teve uma surpresa nessa cena, pelo menos para eu e minhas amigas, e foi tipo, maravilhoso, melhor surpresa! Se vocês forem assistir o filme, vão com a frase “Você gosta de dragões?” na mente, e vendo nessa cena vocês vão entender.

   São maios ou menos 1 hora e 45 minutos de filme, e para mim passou muito rápido, porque dos livros do John Green esse é o meu preferido e eu achei o filme realmente muito bom, mas não 100% fiel ao livro ok? O começo do filme pode ser um pouco “devagar”, mas depois você começa a rir e se envolve completamente com o filme, minha amiga chorou no fim do filme, eu não chorei porém deu aquela dorzinha no coração sabe? E além de tudo, os personagens estão no último ano do colégio e estão prestes a se formar, indo cada um para uma universidades diferente, então em algumas partes eles falam que estão se dividindo e não vão mais se ver com tanta frequência, mas vão continuar sendo sempre amigos. De certa forma ver o filme foi o que eu e minhas amigas escolhemos para ser a nossa despedida antes de eu me mudar, então deu uma dorzinha no coração… Mas tirando essa dorzinha eu indico 100% o filme e agora estou esperando ansiosamente pela adaptação de “Quem é Você Alasca?”.

Os dias que antecedem a mudança…

  

   Como já disse aqui antes vou me mudar e morar com a minha avó, mas a ficha não tinha caído até perceber que faltava apenas um mês para mudar de cidade, foi o momento mais desesperador até então, eu estava totalmente perdida na minha própria vida. Minha avó já vinha arrumando as coisas dela antes, mas eu não, ela disse que eu não precisava porque não ia levar tanta coisa, e que eu poderia começar faltando uma semana, mas mesmo assim, eu não sabia qual era a pouca coisa que eu deveria levar, então por dias eu sentei na minha cama e fiquei pensando o que eu ia levar, ficava olhando pro meu quarto inteiro, até para o pó acumulado embaixo da mesa, pensando o que eu realmente precisaria levar.

Quando deu uma semana para o caminhão de mudança ir buscar tudo na minha avó eu não perdi tempo, comecei o quanto antes para ter certeza que daria tempo de pensar em tudo e eu não esqueceria nada, mas não foi bem assim… Primeiro decidimos que colocaríamos em caixas, mas elas ficaram pesadas demais por causa de alguns livros, então nós embalamos os livros em papel craft e guardamos o resto em caixas, até ai deu certo, mas nessa de trocar de caixa pra papel esqueci de levar algumas pastas e outras coisas que eu realmente queria ter enviado com a mudança porque são pesadas, mas não deu certo e tentaremos enfiar tudo no carro, Deus me ilumine!

Depois de toda essa confusão de mudança começou o momento: deixarei meus amigos e eles vão se esquecer de mim! Não que isso vá acontecer, espero que não, mas eu estava me sentindo mais ou menos assim, até que eles me surpreenderam e me fizeram ter certeza que quando eu voltar nas férias nós vamos nos reunir e será como sempre. Nunca fizeram surpresa pra mim, no sentido de festas e essas coisas, e eu já havia participado de algumas, então eu sempre pensava “será que um dia vão fazer isso pra mim?” e todo aniversário eu esperava que alguém fizesse algo, eu tinha uma esperança, mas não acontecia, e com o tempo essa esperança foi diminuindo, sumindo, até que, quando eu menos esperava, aconteceu! Eu tenho uma teoria que se você merece alguma coisa, essa “coisa” vai acontecer para você no momento necessário, no momento de maior esperança, mas no momento que você menos esperar e minha última “semana” foi exatamente assim…

Começamos por terça feira, me encontrei com meus amigos da casa de um deles, a gente riu demais, foi muito bom, e ali eu achei que seria a ultima vez que eu veria eles, então abracei todos e fui embora, mas apesar de tudo eu estava chateada porque não estavam todos ali, uns viajando, outros não podiam e enfim. Passei quarta e quinta pensando o que eu faria para ver os que eu não tinha visto na terça, até que minha amiga pediu para que eu a acompanhasse até a casa de um outro amigo para pegar um livro emprestado, era uma das pessoas que eu queria ver, então aceitei. Quando chegamos lá uma menina falava muito alto, muito mesmo, e eu conhecia de alguma forma aquela voz, só que sou a pessoa mais lerda pra ligar a voz a pessoa, depois de um tempo tudo ficou em silêncio e meu amigo apareceu, nos abraçamos e ele convidou a gente para entrar e então quando entramos na casa do meu amigo: SURPRESA!!

Na verdade foi um “eeeh” porque eu dei de cara com o meu amigo, e acho que ele não estava esperando também, então foi um susto+surpresa e eu respondi um “eeeeh” de volta, e isso foi só o começo, passamos as horas seguintes rindo e falando besteira, eu sai com a cabeça doendo de tanto rir, e os meus amigos que faltava eu ver estavam lá, o que foi maravilhoso e pude abraçar e me despedir de todos! Essa semana vou ver a minha amiga que não estava na cidade e ai eu vou estar 100% pra ir “tranquila”.

Hoje, 08/07 quarta feira, eu estou 100% ansiosa para a viagem e a mudança, sabe aquela teoria que se temos amigos temos tudo? Bom, não sei se temos tudo mesmo, mas a maioria das coisas nós temos, e também sei que todos dizem isso, pois cada pessoa tem seus melhores amigos, mas os meus amigos são os melhores do mundo!

Livro: Morando Sozinha – Fran Guarnieri

Morando Sozinha é o livro de Fran Guarnieri, blogueira mineira que possui dois blogs: Morando Sozinha e um pessoal. Quando eu disse o nome do livro para a minha amiga ela achou que era um livro de auto-ajuda, e para mim foi exatamente isso…

wp-1452041979329.jpg

Com 160 páginas (contando todas as folhas como sempre) e divido em 7 capítulos, é o livro perfeito para você, sendo menina ou menino, que pretende morar sozinho um dia, ou vai passar por isso agora, e não tem a mínima ideia por onde começar. A Fran escreveu várias dicas, desde o que é realmente necessário no seu novo apartamento até como lidar com a solidão, o que apenas lendo superficialmente parece ser coisa bem simples e fácil de se resolver, mas você sabia que muita gente desiste de fazer uma faculdade por ter medo da solidão que irá sentir? E que ter uma cama, não só o colchão, faz uma grande diferença no seu dia a dia?

O livro, que em partes pode ser também chamado de guia ou manual, tem a capa rosa com bolinhas e um cheiro acolhedor (pelo menos para mim), e é cheio de detalhes fofos, bem a cara da Fran, o que fez com que eu imaginasse ela lendo o livro para mim (não sou louca gente, apenas assisto demais aos vídeos dela). A linguagem usada faz com que você sinta que  ela esta conversando com você durante todo o livro, como se ela estivesse na sua frente, contando acontecimentos engraçados que ela já viveu ou até desagradáveis, como ter que aguentar pessoas que não tem noção.

Imagem: melanelago.com.br

Porém, se você esta naquele momento grana zero, pais não querem adiantar a mesada ou sua vó já te deu seu presente de aniversário em dinheiro, você pode acessar o blog da Fran! O blog foi criado em 2012, um pouco depois dela começar a morar sozinha, então possui várias dicas com muito fundamento, de uma pessoa que sobreviveu a vários tipos de problemas logo que saiu da casa de seus pais com 18 anos, mas você não precisa sair necessariamente com essa idade ok?

Ah, explicando o que eu disse no começo, o livro para mim serviu muito como auto-ajuda, não, o livro não tem aquelas frases do tipo “acredite em seus sonhos, eles podem ser realizados”, mas possui frases do tipo “olha, se você não tirar o lixo da cozinha, sua casa vai começar a feder”, o que parece bobo, mas são coisas que eu precisava ler para firmar um pensamento já existente ou esclarecer dúvidas que soariam muito idiotas se ditas em voz alta. Agora eu sei por exemplo que eu preciso MUITO de uma assadeira para bolos quando eu for morar sozinha e que o pegador de sorvete da minha vó não será tão usado no momento… Eu acho.