Filme: Cidades de Papel

O filme Cidades de Papel, uma adaptação do livro de mesmo nome do autor americano John Green (também autor de A Culpa é das Estrelas), estreou ontem (09 de julho, quinta feira) e eu fui assistir com as minhas amigas!

Imagem: Capricho

Quentin Jacobsen (interpretado por Nat Wolff) e Margo Roth Spiegelman (interpretada por Cara Delevigne) se conhecem quando crianças e ai começa a paixão platônica de “Q” por Margo, eles crescem juntos até o momento que Margo se torna popular, a lenda, e Quentin se foca nos estudos e seus planos para o futuro. Margo sempre gostou muito de mistérios e resolve-los, desde a infância quando ela e Q acharam o corpo de um homem morto debaixo de uma árvore e ela fez todo o possível para descobrir o porque aquele homem tinha se matado, durante anos ela fugiu de casa atrás de novas aventuras, mas sempre deixava uma pista para as pessoas que realmente importavam a ela, até que uma dia ela se torna um mistério!

Minha cena preferida é quando Quentin, seus melhores amigos Radar e Ben, a namorada de Radar, Angela, e a melhor amiga de Margo até então, Lacey, estão na estrada e param em um posto, onde eles podem gastar apenas 6 minutos para pegarem todas as coisas necessárias e manterem o ritmo da viagem. Apenas lendo o livro eu já imaginei essa cena sendo muito boa, super divertida, mas vendo no filme ficou muito melhor! E além de tudo teve uma surpresa nessa cena, pelo menos para eu e minhas amigas, e foi tipo, maravilhoso, melhor surpresa! Se vocês forem assistir o filme, vão com a frase “Você gosta de dragões?” na mente, e vendo nessa cena vocês vão entender.

   São maios ou menos 1 hora e 45 minutos de filme, e para mim passou muito rápido, porque dos livros do John Green esse é o meu preferido e eu achei o filme realmente muito bom, mas não 100% fiel ao livro ok? O começo do filme pode ser um pouco “devagar”, mas depois você começa a rir e se envolve completamente com o filme, minha amiga chorou no fim do filme, eu não chorei porém deu aquela dorzinha no coração sabe? E além de tudo, os personagens estão no último ano do colégio e estão prestes a se formar, indo cada um para uma universidades diferente, então em algumas partes eles falam que estão se dividindo e não vão mais se ver com tanta frequência, mas vão continuar sendo sempre amigos. De certa forma ver o filme foi o que eu e minhas amigas escolhemos para ser a nossa despedida antes de eu me mudar, então deu uma dorzinha no coração… Mas tirando essa dorzinha eu indico 100% o filme e agora estou esperando ansiosamente pela adaptação de “Quem é Você Alasca?”.

Filme: Pitch Perfect!

Imagem: Google

Eu tenho certeza que pelo menos uma vez na vida você ouviu falar desse filme, se ainda não, por favor, continue lendo!

O filme “Pitch Perfect”, ou “Escolha Perfeita” (nome dado ao filme no Brasil) é uma comédia musical, baseado em um livro chamado “Pitch Perfect: The Quest for Collegiate A Cappella Glory” de Mickey Rapkin, lançou em 2012, mas só assisti agora! A história do filme é sobre Beca (Anna Kendrick) e o grupo de acapella chamado Barden Bellas. Beca tem o sonho de se mudar para Los Angeles e ser DJ, mas acaba tendo que estudar na faculdade onde seu pai é professor e onde conhece as Barden Bellas, que é um grupo só de meninas liderado por Aubrey (Anna Camp), que tentam ganhar a todo custo o campeonato regional, mas sempre perdem para os The Treblemakers, um grupo acapella só de meninos da mesma faculdade.

Eu realmente não dava muito pelo filme, nada contra, mas nada a favor também, até que um dia, fuçando nos vídeos de musica no youtube, eu achei um grupo chamado Pentatonix, eles são completamente amáveis e são incríveis, fazem covers de várias músicas, e músicas próprias, apenas usando sons que saem de suas bocas! Sim, exatamente isso! Eles fazem o beatbox, sons dos instrumentos, cantam as músicas e tudo mais, e eu fiquei completamente apaixonada por isso. Eles começaram o grupo a alguns anos, mas isso é um assunto para outro post, e agora são bem conhecidos, fazendo turnês pelos EUA, Europa, e estou esperando, mais que ansiosa, para o dia em que eles vão anunciar datas de uma turnê no Brasil. Mas onde eles se encaixam nessa bagunça toda? Bom, eles foram convidados a participarem de “Pitch Perfect 2”.

Imagem: Google

Eles serão um grupo acapella que competirá contra as Barden Bellas no campeonato internacional, depois que (SPOILER ALERT!!!!!!) elas ganharam o campeonato regional e tudo mais, estão no último ano de faculdade e indo “defender” os Estados Unidos no campeonato internacional. O Pentatonix vai representar o Canadá na competição, eu to com tanto orgulho deles gente, coisa de fã!

Pois então, por causa do Pentatonix eu fiquei com muita vontade de ver o segundo filme, então eu resolvi aceitar a proposta da minha amiga, que ama muito o filme, e ver o primeiro agora, pra não ficar completamente perdida no segundo, e sinceramente, valeu a pena, adorei o filme! A continuação parece que já lançou nos Países Baixos, vulgo Holanda, no dia 14/05 (dois dias atrás), e para nós, amado povo brasileiro, não sei ao certo quando vai ser, tem site falando em Junho, outro em Agosto, então no momento tudo o que temos a fazer é sentar e esperar ansiosamente para que esse filme chegue mesmo ao cinema brasileiro, por favor, vamos rezar muito!